A Harris tem uma linha completa de ligas de Solda Prata sem adição de cádmio. Somente metais-base puros são utilizados. Os procedimentos precisos de produção garantem um produto com consistência em sua qualidade, composição, química, dimensões e desempenho.

Estes metais de adição são usados para uniões dos metais ferrosos e não ferrosos, à exceção do alumínio e do magnésio.

As ligas de Solda Prata são majoritariamente compostas de Cobre, Zinco e Prata, mas pode haver adição de Manganês, Níquel ou Estanho.

O Estanho ajuda a efetivamente reduzir a temperatura de brasagem, e é usado para substituir o zinco ou o cádmio nos metais de adição.

O Níquel é adicionado para auxiliar na liquefação de carboneto de tungstênio e fornece maior resistência contra corrosão.

As ligas de brasagem contendo Níquel são recomendadas especialmente para a união de aço inoxidável devido a sua susceptibilidade reduzida à corrosão interfacial.

Ocasionalmente, pode haver adição de Manganês para melhora da liquefação em aço inoxidável, outras ligas de níquel-cromo e carboneto cimentado.

Fluxos como o modelo Super Fluxo® 3 ou o fluxo sem adição de ácido bórico Ecosmart® são necessários para a brasagem em atmosfera comum, mesmo ao utilizar um fluxo de vapor introduzido pela chama.

Vantagens

Devido ao baixo ponto de fusão proporciona menor custo de produção, via diminuição do tempo de operação. Resistência mecânica elevada.

Melhor Performance

A solda prata Harris traz alta performance nos resultados de aplicação esperado, pois só utiliza matéria-prima de procedência 100% garantida, além disto, o controle interno em nossos processos de fabricação é a certeza e garantia de qualidade da solda prata Harris. E também conta com o padrão global do grupo Harris, utilizado em todos os seus consumíveis.

Mercados que utilizam Solda Prata

• Tubulações hidráulicas e de equipamentos de refrigeração;
• Uniões de componentes metálicos em geral resistentes a diversos tipos de esforços mecânicos;­
• Mecânica de precisão;
• Indústria ótica, aparelhos ortodônticos, indústria de eletrodomésticos e materiais elétricos;
• União de ferramentas de carboneto de tungstênio (metal duro);
• E onde deve ser minimizado a corrosão sob tensão de componentes de níquel ou ligas à base de níquel e aços inoxidáveis, bem como efeitos do aquecimento como dilatação térmica e modificação das características do material base.

Disponibilidade

Todos os formatos estão em concordância com os padrões europeus e americanos:
• Varetas nuas
• Fios
• Lâminas
• Anéis
• Pó
• Pasta
• Pré-formados especiais
• Varetas revestidas de fluxo
• Embalagem Sticktube

SOLDA PRATA SEM CÁDMIO

Entre os metais de adição deste grupo, destacam-se:
• Safety Silv 56: ideal para brasagem de aços inoxidáveis, pois apresenta coloração muito próxima do inox, além de minimizar a corrosão sob tensão em componentes de níquel, ligas a base de níquel e aços inoxidáveis, sendo empregada com sucesso em aparelhos odontológicos, médicocirúrgicos e tubos e componentes que trabalham com produtos corrosivos e petróleo.
• Safety Silv 38T e Safety Silv 30T: apresentam excelente desempenho na união de componentes de refrigeração, como tubos, válvulas e condensadores, pois apresentam boa fluidez e baixa fumegação, evitando a ocorrência de porosidade, que é a principal causa de vazamentos.
Esses metais de adição são ideais para aplicação em componentes que entram em contato direto ou indireto com o organismo humano, devido a ausência do Cádmio, metal nocivo à saúde.
Apresentam resistência ao trabalho em temperaturas até 300°C, podendo chegar a 400°C.

SOLDA PRATA COM CÁDMIO

As ligas 145, 140, 135, 130 e 125 são as mais utilizadas, pois apresentam excelentes características, atendendo a maioria das aplicações. Entre os metais de adição deste grupo, destacam-se:
140: tem sucesso e confiabilidade na aplicação em equipamentos criogênicos;
135: é muito utilizada na indústria de fios e cabos de cobre, na forma de pó, para emendas durante o processo de trefilação.
Apresentam resistência ao trabalho em temperatura entre 200°C e 250°C.
Advertência com o Cádmio
O Cádmio é um metal tóxico e seu uso indiscriminado na fabricação de objetos que possam entrar em contato direto ou indireto com o organismo humano pode causar sérios problemas à saúde. Prefira sempre o uso de ligas isentas de Cádmio.